Pneu Best

Quanto tempo dá para andar com o estepe temporário?

Dicas estepe temporário

Um pneu furado e a troca imediata pelo estepe temporário. Certamente isso basta para colocar o carro em movimento novamente, mas não por muito tempo.

A verdade é que você até pode andar com o estepe, mas como o próprio nome já diz, ele é apenas temporário.

Os motivos pelos quais um estepe temporário não pode se tornar um pneu permanente são inúmeros e você vai descobrir todos eles aqui.

Andar com o estepe temporário pode causar acidentes

O primeiro grande motivo que você tem para utilizar o estepe temporário pelo menor tempo possível é o risco de acidentes graves.

É que, diferentemente dos estepes normais e para ocupar menos espaço no porta-malas, os estepes temporários são bem mais finos.

Por conta dessa característica, esses pneus possuem tanto limite de durabilidade quanto de velocidade.

O cálculo é simples: 80/80. Isso significa que dá para rodar com o estepe temporário por no máximo 80 quilômetros e não passar dos 80 km por hora. Acima disso, o componente passa a ter risco de explodir.

Desempenho reduzido

Os estepes temporários ajudam a economizar espaço no porta-malas, são mais baratos, diminuem o peso do veículo e com isso ajudam até na economia de combustível.

Mas não se engane: por conta das características, ele não pode entrar no rodízio de pneus, nem formar par com um pneu novo na hora da troca dos pneus antigos.

Como o pneu do estepe temporário difere significativamente do tamanho dos demais, o manuseio do veículo não é o mesmo.

Além do risco de explosão, o estepe temporário também também não possui a mesma capacidade de frenagem, tração e nem a mesma aderência dos outros componentes.

Sensores confusos

Com um pneu de menor diâmetro no veículo, a roda girará mais rápido do que as outras. 

É por isso que veículos com sensores de roda (como o sistema ABS) tendem a ficar confusos e alertar que algo está errado. 

Não precisa se preocupar com isso, pois assim que a troca do estepe temporário for efetuada, o carro não estará mais em desequilíbrio e os sensores voltarão ao normal.

O estepe temporário também tem prazo de validade

Você sabe ler os pneus do seu carro? Quando se trata do estepe temporário, as informações que precisam ser interpretadas são as mesmas do que a dos pneus regulares.

O estepe temporário também tem um ciclo de vida de 5 a 6 anos, a partir de sua data de fabricação. 

Mesmo que nunca tenha rodado na estrada, o estepe não está livre da ação do tempo e da temperatura. Por isso, depois desse tempo, ele deve ser substituído.

Além disso, a lei, por meio do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), estabelece a proibição de conduzir um veículo “sem equipamento obrigatório ou estando este ineficiente ou inoperante”. 

Ainda, conforme o Inciso IX do artigo 230, é proibido circular “com equipamento obrigatório em desacordo com o estabelecido pelo CONTRAN”.

Dessa forma, qualquer motorista que seja flagrado em desacordo com a norma poderá ser autuado por infração grave. Entre as sanções previstas estão a retenção do veículo para regularização, multa de R$ 195,23 e 5 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Gostou de conhecer algumas das particularidades do estepe temporário e ter a resposta sobre quanto tempo poderá rodar com ele? 

Caso esteja com o estepe temporário em seu carro neste momento, não deixe de dar uma passada na loja online da Pneubest e conferir condições e ofertas que farão você fechar o melhor negócio.