Pneu Best

5 Perguntas para fazer ao seu mecânico

Dicas Atualizado em 02/02/2022 às 15:36

Quanto vai custar? Depois de deixar o carro na oficina, essa pergunta deixa 99,9% dos motoristas com o coração na mão até ouvir a resposta do mecânico, não é mesmo?

Embora todo mundo saiba que é necessário, muitas pessoas não gostam de levar o carro para o conserto. E se o mecânico não é conhecido, deixar o veículo na mão de “estranhos” pode se tornar uma tarefa ainda mais difícil.

Mas não se preocupe, se o seu carro está precisando de reparos, nós vamos te ajudar!

Selecionamos um conjunto de perguntas simples para guiar sua conversa com um possível mecânico.

O mais importante é que esses questionamentos podem fazer a diferença na hora de você definir aquele profissional que merece (ou não) a sua confiança. Confira agora!

1 – Quais são minhas opções de reparo?

A maioria dos problemas do veículo pode ter mais de uma solução, porém muitos mecânicos não passam todas as suas opções e vão direto para a mais cara.

Sempre pergunte por todas as alternativas para o reparo do veículo, e não deixe de pedir para o mecânico explicar cada uma delas detalhadamente para você.

Para isso, você pode solicitar que a oficina envie um orçamento ou ordem de serviço antes de tomar qualquer ação.

2 – Você tem experiência com esse modelo de carro?

Se é para alguém consertar seu carro, melhor que seja alguém que já conhece o modelo e o fabricante, certo?

Essa pergunta vai permitir que você saiba se o mecânico tem experiência com o fabricante e com o modelo do seu veículo.

A resposta vai inspirar mais credibilidade, confiança e permitirá que você escolha com mais cautela o seu prestador de serviços.

3 – Quais garantias a oficina oferece?

Uma oficina mecânica que não oferece garantias deixa implícita a mensagem de que ela própria não confia na qualidade do serviço que presta.

Que motivos você tem então para confiar? O nosso conselho é para que você fique longe desse perfil de profissional ou empresa!

Não atestar o bom serviço, oferecendo uma garantia após a prestação dele, pode acabar comprometendo o desempenho e a segurança do seu veículo.

Por isso, antes de começar o reparo, pergunte sobre as opções de garantia que a oficina pode oferecer.

4 – Posso ver as peças que você retirou?

E depois do serviço efetuado, alguma coisa ainda pode ser feita? A resposta é sim.

Se o mecânico substituir alguma peça do seu veículo, solicite sempre a devolução das peças antigas.

No caso de componentes muito pesados ou sujos de graxa, peça pelo menos para vê-los.

mecânico consertando carro

É uma atitude simples, mas que lhe trará a possibilidade de fazer a “prova de fogo”, pois poderá analisar a diferença entre as peças novas e as antigas, identificando se foram realmente substituídas.

5 – Você pode me providenciar um plano de manutenção?

Essa é uma excelente pergunta para descobrir mecânicos desonestos.

Ao ser questionado sobre esse assunto, o mecânico precisará informar quais as próximas revisões que o carro necessita.

Atente para o fato de que essa é uma informação que você pode encontrar no manual do veículo, onde constam as recomendações do fabricante.

Se você busca por um atendimento de qualidade para o seu carro, busque por um mecânico que responda a todas essas 5 pessoas com a maior naturalidade.

Um bom mecânico não quer apenas consertar o seu carro, mas deseja que o seu carro se mantenha nas melhores condições possíveis.

Portanto, se as recomendações do mecânico parecerem muito distantes das recomendadas pelo manual, você pode ficar desconfiado.

Gostou das nossas dicas? Com elas ficará mais fácil diferenciar os mecânicos confiáveis dos suspeitos!

Lembre-se de que você também deve fazer a sua parte para manter o bom estado de conservação do carro.

Manter a calibragem, a troca de óleo, o balanceamento e o alinhamento em dia são alguns exemplos do que pode fazer.

Estar por dentro das nossas novidades e promoções é mais uma dica valiosa! Para isso,  é só clicar aqui e fazer o seu cadastro.